Encontre aqui o melhor da região.
Background Image

Idosos exigem cuidados especiais no verão

idosos

Idosos: Gerontólogo do Hospital Santo Antonio de Votorantim dá dicas para aproveitar a estação sem complicações

Há poucos dias do verão, muita gente já está com o pensamento nas férias e nas atividades prazerosas que a estação propicia, como ir à praia ou à piscina. No entanto, a elevação das temperaturas traz consigo a necessidade de tomar cuidados especiais com a saúde, sobretudo quando se fala da saúde dos idosos, pessoas que, com o organismo mais frágil, tendem a sofrer mais com o calor.

Dr. Marco Guerra, médico gerontólogo do Hospital Santo Antonio, de Votorantim (SP), explica que os idosos são sensíveis a extremos, como muito calor ou frio. “Esta condição pode fazer com que o organismo não consiga equilibrar a temperatura adequadamente. Na praia por exemplo, os mais jovens são muito mais resistentes, demorando a sentir os efeitos do sol e do calor. Com os idosos é diferente, o corpo pode não resfriar adequadamente, causando desidratação e hipertermia, que é semelhante a uma febre”, exemplifica. bE já que os cuidados com os idosos devem ser constantes, sobretudo no verão, o gerontólogo falou sobre os cuidados a serem tomados para evitar complicações à saúde dos idosos nesta época.

“Uma questão importante é a alimentação dos idosos, que deve sempre priorizar alimentos leves e frescos. É preciso evitar comidas muito quentes, gordurosas e de difícil digestão. Bebidas alcóolicas e café não são indicados, pois desidratam o corpo”, comenta o médico, que completa: “Juntamente com a alimentação, a hidratação também é uma das questões mais importantes.

É preciso que os idosos ingiram, no mínimo, dois litros de água por dia, mas não adiante beber grandes quantidades de uma vez. O correto é beber pouca quantidade, muitas vezes ao dia, para manter a hidratação constante”, detalha.

Outro hábito que merece atenção é o banho: “O banho nos idosos deve ser com a água fresca, mas não totalmente fria para não baixar demais a temperatura e provocar hipotermia ou até mesmo abrir as portas para um resfriado. O ideal é a temperatura da água próxima dos 36ºC, a mesma temperatura do corpo”, indica Dr. Guerra.

Assim como um banho pode refrescar, é preciso estar atento ao sol, que pode causar queimaduras. “É preciso evitar a exposição ao sol nos horários mais quentes. O ideal é aproveitar o sol do início da manhã ou do fim da tarde, sempre usando protetor solar e um chapéu ou boné”, comenta.

Mas não precisa se esconder totalmente do sol. Pelo contrário. “É fundamental que os idosos pratiquem atividades físicas adequadas à idade, como caminhadas, hidroginástica e demais atividades indicadas pelo médico ou profissionais de educação física., respeitando os horários mais adequados para a prática”, conclui o gerontólogo.

Seguindo estes cuidados os riscos à saúde dos idosos no verão são reduzidos, fazendo com que a estação deixe boas lembranças para toda a família.

O hospital Santo Antonio de Votorantim está localizado na Avenida Santo Antonio, 150, Barra Funda, em Votorantim (SP). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15)2101-0001 ou pelo site.

idosos

Dr. Marco Guerra, gerontólogo do Hospital Santo Antonio de Votorantim.

Fonte: QNotícia

Hannalee Motta

hanna@optimus360.com

Deixe um comentário

avatar

Senha redefinida. Um link será enviado para o seu email