Encontre aqui o melhor da região.
Background Image

Fitness: Exercícios x Síndrome Metabólica

Síndrome Metabólica

O nome síndrome metabólica assusta e não é para menos. Como outros problemas causados principalmente pelo sedentarismo e pelos péssimos hábitos adotados ao longo dos anos, essa síndrome vem aparecendo com mais frequência nos últimos tempos e é considerado um problema de saúde alarmante podendo em alguns casos causar óbito. É caracterizada pela associação de doenças cardiovasculares, doenças vasculares periféricas e diabetes. Tem como base de tudo a resistência a ação da insulina onde o pâncreas é obrigado a aumentar produção de tal hormônio. Segundo classificação brasileira pode-se considerar um indivíduo com síndrome metabólica uma pessoa que tem 3 dos seguintes itens:

– Obesidade Central: circunferência da cintura maior que 88 cm em mulheres e 102 em homens.

– Hipertensão arterial.

– Glicemia alterada ou diagnostico de diabetes.

– Triglicérides maior que 150 mg/dl

– HDL menor que 40 mg/dl em homens e menor que 50 mg/dl em mulheres

– Marcadores no sangue como a proteína C-reativa.

Vale ressaltar que tal doença, apesar de ser mais comum em homens de meia idade em torno de 50 anos, também pode ser identificada em homens de 30 ou 40 anos e em alguns casos também em mulheres com ovários policísticos mesmo sendo magras.

O QUE FAZER?

O primeiro passo é realizar uma consulta medica e alguns exames. De forma geral a recomendação será pratica de atividade física regular e mudança de hábitos no cotidianos principalmente aos ligados as refeições. A utilização de medicamentos específicos pode ser importante para prevenir picos de pressão arterial, curvas glicêmicas elevadas, etc.

Algumas orientações especificas para tratamento de tal síndrome:

– Incluir atividades físicas de intensidade moderada no mínimo 3x/semana.

– Passar por um nutricionista e ajustar o balanço de ingestão calórica.

– Evitar hábitos como fumar e ingerir bebida alcoólica.

– Realizar avaliações periódicas para constatar que está havendo perda de peso/gordura.

– Adotar pequenos hábitos como subir de escada ao invés de elevador, ir a pé até a padaria ao invés de carro entre outros.

A orientação de um profissional de educação física é essencial ao combate de doenças de todos os tipos, principalmente aquelas associadas a obesidade, ganho de peso e sedentarismo.

_______________________________________________________________________

Por Julian Piccinino Ferrara
Educador Físico – CREF: 054404-G/SP
Pós Graduado – Personal Trainer
Consultoria Online | Instagram

Hannalee Motta

hanna@optimus360.com

Deixe um comentário

avatar

Senha redefinida. Um link será enviado para o seu email