Encontre aqui o melhor da região.
Background Image

Entrevista com Karen Junqueira

Karen Junqueira

Karen Junqueira é atriz de TV e musicais.

Karen Junqueira é nascida em Caxambu, Minas Gerais, iniciou sua carreira aos 15 anos como modelo, mas decidiu sair de sua cidade com 17 anos para morar no Rio de Janeiro e ir atrás de seu maior sonho: ser atriz. Primeiro, começou a atuar em campanhas publicitárias, enquanto se dedicava aos estudos do curso de interpretação no Tablado. Dona de uma beleza forte, a mineira participou de campanhas como Duloren, Oi, Coca-Cola, Chilli Beans, Havaianas e Vizcaya.

Karen Junqueira fez sua grande estreia na TV em 2006, na novela “Malhação”, da TV Globo. Ela deu vida a Tuca, uma menina inteligente e de bem com a vida, que permaneceu no ar por duas temporadas. Logo depois, Karen foi para a Rede Record, onde trabalhou nas novelas “Caminhos do Coração”, “Poder Paralelo”,“Máscaras” e “Sansão e Dalila”, onde fez sucesso como a vilã Tais.

Karen Junqueira também se destacou no papel de Paula, personagem da primeira temporada da minissérie “Preamar”, exibida pela HBO. No cinema, atuou no longa-metragem “A Pelada”, de Damien Chemin, uma co-produção entre Brasil, França e Bélgica.

Além disso, a atriz, que tem um talento especial para o canto, participou dos musicais “Rock in Rio”, em 2013, e “Nine – Um Musical Felliniano”, em 2015. De volta a Rede Globo em 2014, Karen participou da minissérie “O Caçador”, em que contracenou com Cauã Reymond. Também atuou na novela “Império”, como a personagem Fernanda.

Agora, ela está no ar na novela das 19h, “Haja Coração”. Karen dará vida à patricinha Jéssica, noiva de Felipe (Marcos Pitombo), que só pensa em ser uma dama da sociedade e tem uma grande pitada de humor.

Karen Junqueira

1. Quando decidiu ser atriz, teve apoio da sua família?

Eu sempre quis ser atriz. Desde criança olhava para as novelas e queria estar ali. Brincava sozinha com as bonecas e criava histórias reais para elas (risos). Minha mãe sempre me apoiou muito! Eu fui morar no Rio de Janeiro muito jovem e ela costumava mandar dinheiro escondido para me ajudar. Já meu pai achava um absurdo e nunca apoiou. Ele acreditava que atriz não era uma profissão e que ainda existia o ‘teste do sofá’. Até que um dia viu um outdoor gigantesco com a minha foto e disse “você é persistente, hein”. Naquela hora entendi que ele deu o braço a torcer, mas até então tinham sido três anos sem se falar.

2. De todos os personagens que você já fez, tem algum em especial?

Todos os personagens que fiz tenho um carinho muito especial, mas óbvio que tenho meus preferidos. Por exemplo, a Sandra do “O Caçador”. Ela era bem diferente de mim e foi um desafio! Agora tenho a Jessica, no qual foi sensacional o processo de criação porque no início eu brigava com ela (risos). Depois comecei a entender que ela tem um amor obsessivo e doentio, não só maldade.

3. Como foi contracenar com Cauã Reymond na minissérie “O Caçador”? nas cenas mais quentes, conseguiu ficar a vontade?

Foi ótimo! Ele é muito profissional assim como eu e nos demos bem em cena. O Cauã é um ator muito focado e talentoso.

4. Entre cinema e televisão, alguma preferência?

Eu gosto de trabalhar em todos os veículos! Na televisão você precisa de raciocínio rápido e inteligência. Adoro os trabalhos no cinema também. São as minhas maiores fontes de pesquisa quando estou estudando um personagem! Assim como gosto muito do teatro, pois foi nele que aprendi a fazer ao vivo e a estar ligada aconteça o que acontecer.

5. Karen Junqueira em família, como consegue dividir seu tempo?

Não tenho problemas com isso! Meu marido está sempre me acompanhando no que for preciso e entende meus momentos. Ele torce muito e diz que tenho que estar presente em coisas relacionadas ao meu trabalho.

Karen Junqueira

6. Você já participou de alguns musicais, mas a música faz parte da sua vida ou arrisca de vez em quando?

Eu descobri o canto quando era criança, mas era tímida. Fiz aulas mais tarde. Até o primeiro musical eram aulas para aprender, não esperava estar um dia no palco cantando um solo como em “Nine”. Foi inesquecível! Quando vieram os musicais comecei a me aprimorar para me profissionalizar.

7. Você é vaidosa? Quais os cuidados que procura manter no seu dia a dia?

Não me considero muito vaidosa, mas sempre passo protetor solar e hidrante. O maior cuidado que tenho, no entanto, é com a alimentação. Nós somos o que comemos e tenho uma alimentação bastante regrada. Ainda não sou 100% vegetariana, pois como peixe, mas amo tudo o que é orgânico e saudável. Faço leite vegetal em casa e não como nada de pães – só tapioca.

8. Em “Haja Coração”, como está sendo interpretar a patricinha Jéssica?

Está sendo uma experiência maravilhosa! Eu estou adorando fazer uma vilã, é desafio muito prazeroso. Nós não temos nada em comum, pois a Jéssica é muito preconceituosa e faz distinção entre as pessoas. Sou totalmente o oposto, acho essas situações que ela cria muito sérias.

9. Planos para o futuro? Tem algum papel que deseja interpretar que ainda não teve oportunidade?

Por enquanto estou focada na novela! Tenho vontade de fazer muitos personagens ainda. Gosto quando o personagem é totalmente o oposto, pois é um desafio. O que vier serei muito agradecida, pois acredito que o melhor que pode nos acontecer é o agora.

Karen Junqueira

Rápidas:

Música: “More Than Words”

Comida: Pizza

Lugar: Minha Casa

Perfume: Chance “Chanel”

Uma frase: “O Senhor é meu pastor e nada me faltará”.

Hannalee Motta

hannalee@optimus360.com

Deixe um comentário

avatar

Senha redefinida. Um link será enviado para o seu email