Encontre aqui o melhor da região.
Background Image

Cuidado: movimentos repetitivos podem causar dores e lesões

movimentos repetitivos

Movimentos repetitivos: Conhecidas como Ler ou Dort, as Lesões por Esforço Repetitivo podem, inclusive, incapacitar para o trabalho.

As Lesões por Esforço Repetitivo, ou “Ler”, como é abreviado o termo, é um conjunto de doenças, que como o próprio nome diz, ocorrem quando um membro, músculo ou articulação é levado à exaustão por conta do excesso de movimentos repetitivos.

Dr. Filippo Zozolotto, médico ortopedista do Centro Médico São José, de Cerquilho, fala sobre o problema. “Diversas doenças podem ser consideradas Ler, como: bursite (inflamação das articulações), tendinites (inflamação dos tendões), síndrome do túnel do carpo, epicondilite (dor no cotovelo), mialgias (dores musculares), dentre outros”, elenca.

A causa das lesões, geralmente está associada à ocupação profissional. “Os movimentos repetitivos normalmente ocorrem no trabalho, como em linhas de produção industrial, em que os mesmos movimentos são repetidos durante horas, todos os dias”, informa o médico, que completa. “O problema é tão recorrente que, há vinte anos, o Instituto Nacional do Seguro Social (Inss) passou a adotar o termo Doenças Osteoarticulares Relacionadas ao Trabalho (Dort), para rotular as lesões decorrentes de atividades profissionais”.

Quando as lesões são relacionadas ao trabalho, as inflamações e dores crônicas (que persistem por mais de três meses) normalmente ocorrem em regiões específicas. “As alterações manifestam-se principalmente no pescoço, cintura escapular e/ou membros superiores, em decorrência do trabalho, podendo afetar tendões, músculos e nervos periféricos. O diagnóstico de ‘Dort’ só deverá ser firmado quando houver comprovação de que o trabalho executado e regido pela CLT, for o causador da lesão, ao contrário da ‘Ler’, que pode ocorrer, por exemplo, quando um adolescente que passa horas ao celular ou no vídeo game sofre com tendinite do polegar”, afirma o médico.

Os sintomas da ‘Ler’, consistem em dores articulares, podendo levar a uma limitação funcional da articulação acometida. “Isso acontece mais frequentemente na região dos ombros, cotovelos ou punhos, podendo, inclusive, acometer a coluna dorsal, mais especificamente na região das escápulas. No caso das ‘Dort’, é de extrema importância procurar um médico que seja especialista em medicina do trabalho, que após avaliação, irá direcionar o paciente para o ortopedista, ou reumatologista para iniciar o tratamento, explica o ortopedista.

Após o diagnóstico por exames de imagem (ultrassonografia, ressonância magnética ou tomografias), é iniciado o tratamento. “Além de evitar a causa, para tratar as ‘Ler’ ou ‘Dort’ é importante a realização de fisioterapia, acupuntura e fortalecimento muscular. O uso de medicamentos (analgésicos e anti-inflamatórios) ocorrem somente no momento inicial, para alívio da dor e do desconforto do paciente”, detalha Dr. Filippo.

“A prevenção é feita com a adoção de posturas mais ergonômicas no trabalho, além de realização de atividades físicas regulares, com fortalecimento muscular (musculação, Pilates e Ioga). Também é preciso evitar passar longos períodos na mesma posição, porém, caso seja inevitável, realizar regularmente o alongamento da articulação acometida”, conclui o médico.

Dr. Filippo Zozolotto, médico ortopedista especialista em joelhos do Centro Médico São José, de Cerquilho.

O Centro Médico São José fica na Avenida Presidente Washington Luiz, 392, Centro, em Cerquilho. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15) 3288-4848, pelo site ou pelo Facebook.

Hannalee Motta

hanna@optimus360.com

Deixe um comentário

avatar

Senha redefinida. Um link será enviado para o seu email