Encontre aqui o melhor da região.
Background Image

Azia: como evitar o principal sintoma do refluxo gástrico

azia

Azia: Médico gastroenterologista numera fatores que causam o problema e dá dicas para evita-los.

Muita gente já passou pela seguinte situação: após comer muito ou passar por situações estressantes, o estômago reage com aquela azia que queima como fogo. Mas, afinal, por que isso acontece?

Quem explica é Dr. Rafael Beltrami, médico gastroenterologista do Centro Médico São José, de Cerquilho (SP). “A azia ou queimação no estômago está diretamente relacionada ao refluxo gástrico, que é um problema digestivo que ocorre quando os ácidos responsáveis pela digestão acabam saindo do estômago, atingindo o esôfago, que não é resistente a estas substâncias corrosivas, causando a sensação de queima”, conta.

O médico revela que são diversos os fatores que causam a azia. “Dieta e hábitos de vida influenciam diretamente no aparecimento dos sintomas. Alimentos fritos ou ricos em conservantes a adoçantes artificiais, alho, cebola, chocolate, café, pimenta e bebidas alcoólicas estão entre os principais causadores do problema. Cargas elevadas de estresse, exaustão e falta de sono também podem influenciar”, detalha Dr. Rafael.

As melhores formas de combater o problema são evitar estes causadores. “Controlar a alimentação e evitar comer coisas que causam azia é uma forma de evitar o aparecimento dos sintomas. Também é importante comer pouco, em pequenas porções, procurar dormir adequadamente, praticar atividade física, controlar o estresse, não fumar e não ingerir bebidas alcóolicas”, numera o gastroenterologista.

Quando o controle dos fatores causadores da azia não é suficiente para eliminar o problema, é recomendado o uso de medicamentos. “Alguns antiácidos, como os populares sais de frutas ou leite de magnésia ajudam a eliminar os sintomas, mas, se o problema for persistente, é preciso uma investigação mais detalhada, com a realização de exames de endoscopia para verificar o que está acontecendo de errado no sistema digestivo.

Em alguns casos, é necessária a realização de cirurgia para interromper o refluxo gástrico, responsável pela queimação no esôfago”, complementa o médico, que completa. “Nunca tome medicamentos por conta própria. Estes antiácidos, populares em comerciais de televisão também precisam de orientação. Então, caso a azia esteja incomodando demais, procure seu médico de confiança, que irá orientar tratamento ou indicar um profissional gastroenterologista para uma investigação mais detalhada”, conclui.

O Centro Médico São José fica na Avenida Presidente Washington Luiz, 392, Centro, em Cerquilho. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (15) 3288-4848, pelo site ou pelo Facebook.

azia

Dr. Rafael Beltrami, gastroenterologista do Centro Médico São José, de Cerquilho

Fonte: QNotícia

Hannalee Motta

hanna@optimus360.com

Deixe um comentário

avatar

Senha redefinida. Um link será enviado para o seu email